From Playtest

Troll

Trundle, o Rei dos Trolls de Gelo

A força vulgar deve ser sempre exibida, caso contrário o rei perderá seu lugar. São poucos os que conseguem permanecer diante dele, menos ainda os que sobrevivem ao ataque de seu porrete. Aqueles que não carregam em si o sangue gélido, são instantaneamente congelados ao tocarem sua arma. Esses são os mais sortudos, pois os outros são exibidos como troféus em seu trono, composto pelos ossos daqueles que um dia tiveram o azar de cruzar o seu caminho…

No coração de Kumungu, as aves voando para longe, em desespero, anunciam a presença aterradora do gigante. Carregando uma árvore como arma, ele a arrasta por onde quer que ande, deixando um rastro de destruição por onde passa. Todos saem de seu caminho, não importando quem sejam. Porém, uma pequena criatura insiste em permanecer ali, enquanto balança seu bumerangue ósseo de um lado para o outro. Vendo mais um desafio fácil, ele ataca o anão com sua árvore, apenas para ver que o pequeno havia ficado enorme, urrando em seu rosto. Talvez, finalmente, um desafio à altura tenha se apresentado…

O sol escaldante não é um problema para sua pele grossa. Ele já se acostumou a esse local, fazendo sua casa no meio de uma antiga ruína encontrada no meio do nada, onde só existe areia para onde quer que se olhe. Vez ou outra ele consegue ver um pequenino humano perdido no meio daquela imensidão, mas isso não o incomoda tanto, afinal, eles não são um grande desafio. O problema é quando as criaturas arroxeadas o visitam. Elas sempre deixam um rastro de gosma ardente que causa uma leve coceira a ele, mas o cheiro deixado quando seus corpos são partidos ao meio são o pior…

Os Trolls são enormes e musculosos e usam seu tamanho para intimidar e dominar criaturas e raças menores. Eles possuem a pele de tonalidade incomum, com saliências semelhantes a verrugas por todo o corpo. Enquanto na maioria de seu corpo eles não possuem pelo, a maioria dos Trolls tem longos cabelos e barba, que podem ser de vários tons de vermelho, azul, laranja, marrom ou cinza.

Seus olhos brilham em azul ou âmbar, obscurecendo suas pupilas e íris. Eles têm narizes grandes, com uma tonalidade diferente em comparação com a cor da pele. Eles também têm grandes dentes dianteiros em forma de presa que lhes dão uma mordida poderosa.

Suas mandíbulas são capazes de se abrir em um ângulo anormalmente grande para triturar carne e intimidar indivíduos menores. Ao contrário dos humanos, eles têm mãos com 3 dedos e pés atarracados. É extremamente fácil identificar um Troll: ele será, quase sempre, o maior, mais feio e mais barulhento do recinto.

Adaptados ao Ambiente

Seja no frio mortal de Freljord, no calor infernal de Shurima ou na traiçoeira floresta de Ixtal, o Troll vai vencer o ambiente que o cerca. Sua estatura incomum, força extrema e resistência absurda o permite viver em praticamente qualquer lugar. Provavelmente ele sempre será o chefe do local, intimidando qualquer tipo de vida que ali viva.

No extremo norte temos aqueles que triunfam sobre o gelo, vivendo por lá como se o frio não fosse nada. Além da alta tolerância às baixas temperaturas, alguns deles ainda conseguiram ser abençoados (ou amaldiçoados) com o sangue glacinata. Por lá, todos os Trolls seguem o mesmo Troll, que reina incontestável.

No grande deserto, onde as areias são como um mar escaldante que castiga qualquer um, alguns Trolls fazem suas casas no meio de ruínas, cavernas ou em tendas erguidas nas carcaças de animais gigantescos, geralmente abatidos por eles mesmos. Praticamente nada por lá lhe é um desafio, exceto as criaturas roxas que nadam nas areias, vindas do chão. Essas sim, são dignas de se tornarem seus troféus.

No íntimo da floresta, onde o desconhecido é o motivo da morte de muitos, o Troll anda como se não fosse nada. O veneno das serpentes não lhe fazem muito mal, a profundidade do pântano mal chega em seu joelho e não existe predador que ouse caçá-lo. Em meio a um rico bioma, cheio de outras criaturas, todos sabem que o Troll é o maior delas.

Sociedade Difusa

Embora não seja comum encontrar Trolls no meio de outros povos, eles até tendem a se juntar entre si. Com uma rigorosa hierarquia, eles tendem a eleger o mais forte deles como líder. Caso esse líder demonstre o mínimo de fraqueza, os outros rapidamente o desafiam, reconhecendo assim um novo rei, mais poderoso que o anterior.

É altamente incomum que um Troll reine por muito tempo, com a balança de poder pendendo o tempo inteiro. Eles tendem a se entregar aos seus instintos mais básicos, não importando muito com o resultado disso. Com isso, eles matam quando querem, comem quando querem e fazem qualquer outra coisa mais, quando querem.

Inimigos da Humanidade

Quando um Troll cruza o caminho com um humano, é provável que aquele humano morra. Não se sabe exatamente por que, mas os Trolls sentem prazer em matar e saquear vilarejos humanos. Muitos Trolls até competem entre si para ver quantos eles conseguem matar. É como se os humanos fossem indefesas presas e os Trolls fossem os ferozes caçadores.

Quando um Troll aparece próximo de um vilarejo humano, todos os humanos que lá vivem têm duas escolhas: atacar e tentar lutar por sua vida ou fugir.

Traços de Origem dos Trolls

Ao criar uma personagem Troll, você possui os seguintes traços:

Tipo de Criatura. Os Trolls são criaturas Humanoides, sendo afetadas por efeitos ou magias que afetam humanoides, como a magia enfeitiçar pessoa.

Herança. Você possui 2 pontos de Herança, veja o Capítulo 5: Personalização para a lista de Heranças disponíveis. Adicionalmente, você recebe +1 no valor de um atributo à sua escolha, normalmente Trolls possuem um aumento em sua Constituição.

Idade. ​Os Trolls chegam à maturidade por volta dos 15 anos mas podem chegar a viver por mais de 300 anos.

Tendência.​ Os Trolls não possuem inclinação a nenhuma tendência moral em especial. Entretanto, é bem comum que um Troll possua o alinhamento Caótico.

Tamanho. ​Os Trolls variam muito em altura e peso, podem ter quase 3,10 metros ou mais de 5 metros e atingindo até 300 kg. Independentemente da sua Altura, o seu tamanho é Grande. Devido ao seu tamanho, armas, armaduras e roupas para você devem ser encomendadas e possuem o dobro do valor normal. Além disso, equipamentos recebidos através de sua Classe e Passado já são considerados como adaptados para seu tamanho.

Deslocamento. ​Seu deslocamento base de caminhada é 30 pés.

Idiomas. ​Você pode falar Troll e, ao receber um idioma de sua região, não podem lê-lo ou escrevê-lo, isso não impede que você aprenda essas habilidades.

Região. Cada região de Runeterra possui uma cultura diferente, você deve escolher sua Região, que definirá onde você cresceu e muito de como você vê o mundo. Você pode ver mais a respeito dessas Regiões no Capítulo 5: Detalhando sua Personagem.

Arma Natural. Trolls possuem uma arma extremamente poderosa em sua Mordida, sendo considerados armas naturais. Você é considerado proficiente com essa arma e pode utilizar seu modificador de Força para jogadas de ataque e dano feitas com ela. Sua Mordida causam 1d6 de dano perfurante.

Armamento Tribal. Os Trolls estão  acostumados com o pouco e aprenderam a construir armas com os materiais mais básicos, podendo construir uma Clava Grande, Lança, Maça ou Porrete durante um descanso longo utilizando coisas como gravetos, ossos, linha e pedras. Essas armas não possuem preço de venda e são apropriados apenas para Trolls utilizarem.

Defesa sem Armadura. Independente do seu Bando, a pele de um Troll é incrivelmente resistente. Enquanto não estiver utilizando armadura, sua CA se torna 10 + seu modificador de Destreza + seu modificador de Constituição.

Fúria de Batalha. Com sua capacidade natural de se manter ativo em combate, os Trolls procuram sua próxima presa o mais rápido possível. Se um inimigo que você tiver causado dano morrer na mesma rodada, você pode utilizar sua ação bônus para se mover 20 pés em direção de um próximo inimigo. Caso não haja mais inimigos, você não poderá utilizar esse traço.

Linhagens. Trolls são incrivelmente adaptáveis ao ambiente que se encontram. Escolha uma das linhagens abaixo:

Bandos

Se juntando com aqueles que habitam no mesmo ambiente que si, os Trolls se juntam em uma pequena sociedade. Essa sociedade se diverge de acordo com o local onde ela está, revelando suas características únicas.

O calor do deserto não é nada para esse Troll, que aprende a se esgueirar nesse ambiente, quase se mesclando às areias. Quando um Bando da Areia ataca, sua presa quase nunca consegue o ver até que seja tarde demais.

Nascido do Deserto. Os climas áridos do deserto não passam de uma brisa agradável para você. Trolls da Areia são imunes a qualquer efeito de Calor Extremo de locais e ignoram terrenos difíceis naturais causados por Areia.

Ataque Elusivo. Os Trolls da Areia são naturalmente furtivos e aprenderam a tirar proveito disso. Ao atingir um ataque contra uma criatura surpresa ou que ainda não tenha agido, você pode adicionar metade de seu bônus de proficiência em d6 como dano adicional. Você pode utilizar esse traço um número de vezes igual a metade de seu bônus de proficiência por descanso longo.

Mestres Elusivos. Apesar de seu tamanho, os Trolls da Areia são extremamente ágeis e se escondem facilmente devido ao seu tom de pele arenoso. Você possui proficiência em Furtividade e, desde que esteja em um ambiente Desértico, você possui vantagem em testes de Furtividade.

Existe um rei em Freljord, e praticamente todo Bando do Gelo o segue. Existem aqueles que se afastam de seu reinado, vivendo no meio do clima inóspito sem um líder. Porém, todo Bando do Gelo sabe que um dia ou outro, o rei chegará.

Nascido da Tundra. Você desconhece o verdadeiro poder das baixas temperaturas. Trolls do Gelo são imunes a qualquer efeito de Frio Extremo e ignoram terreno difícil relacionados ao Gelo e Neve. Além disso, você pode utilizar um ponto de Herança para escolher a Herança Variante Glacinata.

Em Caçada. Você jamais deixa uma presa escapar com facilidade. Utilizando uma ação bônus, você pode marcar um inimigo que você possa ver a até 60 pés de você como seu Alvo de Perseguição pelo próximo minuto. Ao se mover ao menos 30 pés em direção ao seu Alvo de Perseguição, você pode se mover 15 pés adicionais em direção a ele. Adicionalmente, ao atingir um ataque contra seu Alvo de Perseguição, você pode adicionar seu bônus de proficiência ao dano de seu ataque. Você pode ter apenas um alvo marcado dessa maneira por vez. Você pode utilizar esse traço um número de vezes igual ao seu bônus de proficiência por descanso longo.

Visão no Escuro. Devido aos seus hábitos noturnos, os Trolls do Gelo desenvolveram uma visão no escuro. Você enxerga na penumbra a até 60 pés como se fosse luz plena e no escuro como se fosse na penumbra. Você não pode discernir cores no escuro, apenas tons de cinza.

Seja em Kumungu ou Ionia, o Bando da Selva se especializou em viver em meio a outras raças selvagens. Mas é claro que, nesse caso, eles procuram reinar sobre essas outras criaturas. Sua fortitude é o que o destaca, resistindo à natureza ao seu redor.

Nascido da Selva. A floresta é seu berço e você sabe exatamente como funciona sua casa. Trolls da Selva não possuem nenhuma desvantagem em testes de Percepção em ambientes Florestais. Adicionalmente, eles podem se mover normalmente através de áreas de Areia Movediça e ignoram terreno difícil natural causado por Vegetação.

Fúria de Warmog. O poder natural de seus ataques é maior do que o de outros. Ao atacar com as duas mãos utilizando uma arma corpo a corpo que possua a propriedade Duas Mãos ou Versátil, você pode adicionar metade de seu bônus de proficiência ao dano do ataque.

Mordida Infecciosa. Suas presas contém uma toxina perigosa. Sua Mordida causa 1d4 de dano venenoso adicional. A categoria de dano aumenta em quando você alcança o 5º nível (1d6), o 11º (1d8) e o 17º nível (1d10).