From Playtest

As Regiões de Runeterra


Runeterra é um mundo extremamente vasto com uma enorme variedade de culturas e espécies, desde os magníficos dragões celestiais à gigantescas criaturas marinhas que atormentam os navios.

Não se sabe muito sobre como Runeterra surgiu, se ela foi criada ou se foi apenas um acaso cósmico, porém, é fato que a essência deste planeta é profundamente mágica. Além de Runeterra, também existem dois outros reinos de existência, o Reino Celestial e o Reino Espiritual, e uma grande ameaça extradimensional, conhecida como o Vazio.

A maior parte do mundo de Runeterra continua desconhecida para boa parte da população, cartógrafos estipulam que apenas um sexto do planeta é representado no mapa que se espalha pelos continentes de Ionia, Shurima e Valoran.

Há muitos anos atrás, havia uma nação no hemisfério leste do planeta conhecida como Camavor. Após a morte de sua esposa, o rei de Camavor entrou em uma busca para que pudesse reaver sua amada. Por conta disso, o rei abandonou seus deveres com seu povo, causando a ruína de seu reino e também o que viria a ser conhecido como a Névoa Negra.

As Dez Regiões

Dentro do mapa conhecido, são separadas dez regiões. Cada região possui um estilo de regime próprio, uma atitude em relação à magia e avanços tecnológicos diferentes.

Mais a frente neste capítulo, você irá encontrar informações mais detalhadas sobre cada região. Abaixo está apenas um breve resumo de cada região.

Águas de Sentina

Essa região se encontra em uma das baías das Ilhas da Chama Azul, sendo um dos maiores portos de toda Runeterra, abrigando todos aqueles que não possuem um lugar para chamar de lar, além de piratas, ladrões e assassinos.

Regime: Atitude em relação à magia:
Sindicato de gangues Empregar
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Mediano Arquipélago tropical


Demacia

Demacia é um reino que surgiu durante as guerras rúnicas em busca de um local para se abrigar do terror causado pela magia usada sem discriminação. Atualmente, Demacia possui um dos exércitos mais bem treinados de Runeterra, porém, é extremamente hostil com qualquer estrangeiro ou com pessoas que possuem capacidades arcanas.

Regime: Atitude em relação à magia:
Monarquia feudal Negar
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Mediano Campos férteis


Freljord

As terras congeladas ao norte do continente de Valoran são conhecidas como Freljord. Controlada por diversas tribos separadamente, essa região é dominada principalmente por suas mães de guerra e seus jurados de sangue. As principais tribos que dominam essas terras são os Avarosianos, os Garras do Inverno e os Præglacius.

Regime: Atitude em relação à magia:
Matriarcado tribal Venerar
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Baixo Tundra gélida


Ilhas das Sombras

Um dia essas ilhas amaldiçoadas já foram envoltas de uma névoa sagrada que protegiam as ilhas, até que Viego mergulhou o cadáver de sua esposa nas águas da vida, criando um terrível cataclisma que destruiu e corrompeu a névoa sagrada, criando as atuais Ilhas das Sombras.

Regime: Atitude em relação à magia:
Nenhum Sofrer
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Baixo Arquipélago amaldiçoado


Ionia

Antes, Ionia era uma terra de paz, magia e harmonia com a natureza. Agora, depois da invasão noxiana ao seu território, dividiu o pensamento do povo ioniano. Agora, parte do arquipélago ensina seu povo a combater os invasores, enquanto outra parte prefere se manter neutra perante à essa guerra.

Regime: Atitude em relação à magia:
Províncias regionais Harmonizar
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Baixo Mágico (variado)


Ixtal

Após a queda do império de Shurima, Ixtal se isolou do resto do mundo repudiando a autoridade opressora criada pelos maiores guerreiros do império. Por conta de seu conhecimento mágico, Ixtal criou uma espécie de barreira mágica que a mantém escondida e afasta qualquer um que se aproxime de seu território.

Regime: Atitude em relação à magia:
Autocracia mágica Controle
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Desconhecido (alquímico) Floresta tropical


Noxus

Há algumas centenas de anos, algumas tribos Noxii que viviam ao leste de Valoran fizeram uma aliança para derrubar um tirano que dominava a região. Com a vitória das tribos, elas tomaram a fortaleza do tirano, criando o que viria a ser um dos impérios mais poderosos de Runeterra, Noxus.

Regime: Atitude em relação à magia:
Império expansionista Armamentista
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Mediano Estepes Inóspitos


Piltover & Zaun

Esse istmo que divide os continentes de Valoran e Shurima, é dividido entre duas grandes cidades extremamente avançadas tecnologicamente. Piltover e Zaun são cidades gêmeas que dividem o mesmo território, Piltover estando literalmente acima de Zaun.

Regime: Atitude em relação à magia:
Oligarquia aristocrática (Piltover) Mercantilizar (Piltover)
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Alta Metrópole costeira (Piltover)


Regime: Atitude em relação à magia:
Oligarquia industrial (Zaun) Tirar vantagem (Zaun)
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Alta Urbanizado tóxico (Zaun)


Shurima

Shurima já fora um império divino que controlava um vasto território, porém, após uma traição ao imperador Azir, o império entrou em decadência, até que perdesse completamente seu poder. Hoje, Shurima não passa de várias cidades separadas que possuem autonomia própria, porém há um rumor de que o antigo imperador traído retornou a vida e reergueu a capital do império das areias do deserto.

Regime: Atitude em relação à magia:
Império Divino Cobiçar
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Desconhecido Deserto Árido


Targon

Essa região é conhecida pelas demais, principalmente por conta do Monte Targon, a maior montanha do mundo, que é dito ser o lar de deuses. Targon é dominada pelos Solari, uma religião que cultua o Sol e busca destruir os Lunari, a religião que cultua a Lua.

Regime: Atitude em relação à magia:
Teocracia Tribal Aspirar
Nível de Tecnologia: Ambiente Geral:
Baixo Montanhas hostis


Os Continentes de Runeterra

Runeterra possui três grandes continentes conhecidos e representados no mapa atual de Runeterra. Dentre eles está o arquipélago de Ionia, o continente ao sul de Shurima e o continente ao norte de Valoran.

Ionia

Ionia é um continente insular independente que se encontra ao nordeste do mapa, dividida em várias ilhas, Ionia possui algumas penínsulas que possuem um regime próprio.

As penínsulas ionianas são Navori e Shon Xan, que dividem a maior ilha do arquipélago; Ralin, Oulin e Qaelin, três ilhas separadas ao leste de Shon Xan; Bahrl, Zhyun e Galrin, mais três ilhas ao sul de Navori.

Ionia é uma região extremamente mágica, com uma ligação profunda com o Reino Espiritual. Por conta dessa conexão, a paisagem ioniana é bela e colorida, possuindo uma fauna e flora extremamente diversa.

Shurima

O continente ao sul do mapa é, assim como a região, chamado de Shurima. Ele leva esse nome por conta do antigo império shurimane que costumava dominar completamente este território.

Atualmente, o continente de Shurima abrange as regiões de Ixtal, Shurima, Targon e parte de Piltover e Zaun, além da floresta ao leste do continente, Kumungu.

A maior parte deste continente é coberto por um vasto deserto, com seu leste possuindo uma floresta tropical e seu oeste com uma vasta cordilheira, possuindo a maior montanha do mundo.

Valoran

O continente ao norte do mapa é conhecido como Valoran. Uma terra com vastos campos férteis, montanhas e tundras. Valoran possui uma vastidão de terras entre as regiões presentes no continente, não sendo controladas por elas, sendo consideradas nações independentes.

As regiões pertencentes ao continente de Valoran são Demacia, Freljord, Noxus e parte de Piltover e Zaun.

Os Calendários

Existem dois grandes calendários em Runeterra, um deles utilizado por Noxus e todas as nações e cidades que fazem parte do império, e o outro utilizado por todos aqueles que possuem uma relação direta com o Instituto da Guerra, não sendo conhecido por nenhuma outra região.

O Calendário Noxiano

O Calendário Noxiano foi criado após a união das tribos Noxii, formando a nação de Noxus. Não há muitas informações de como os noxianos organizam seu calendário, apenas que dividem os anos por Antes (AN) e Depois (DN) da fundação de Noxus.

O Calendário do Instituto

O Calendário do Instituto foi criado pelos fundadores originais do Instituto no momento da junção dos Arquimagos e do Protetorado no ano 2 Antes de Noxus. O ano no Instituto começa no Solstício de Inverno, conhecido como o Festival da Colheita e termina no último dia do Outono.

O calendário é dividido em 12 meses, onde cada mês possui 28 dias e cada semana possui 7 dias, totalizando 340 dias por ano. Além dos meses, existem 4 dias especiais, os Equinócios de Primavera e Outono e os Solstícios de Inverno e Verão. Esses dias são dias festivos e ocorrem entre os meses, sendo considerados dias únicos, não inseridos em nenhum mês.

A semana no calendário do Instituto é dividida em 7 dias, sendo eles Ílios, Avgi, Proí, Mesimeri, Vesperi, Amydros e Selini, do 1º ao 7º dia.

Calendário do Instituto
Estação Mês Nome Estação Mês Nome
Inverno - Festival da Colheita Verão - Festival da Paixão
Inverno 1 Invesatus Verão 7 Versatus
Inverno 2 Invesatis Verão 8 Versatis
Inverno 3 Invefinis Verão 9 Verfinis
Primavera - Dia da Magia Outono - Dia do Protetorado
Primavera 4 Prisatus Outono 10 Outsatus
Primavera 5 Prisatis Outono 11 Outsatis
Primavera 6 Prifinis Outono 12 Outfinis

Dias Especiais

Cada um dos equinócios e solstícios são eventos festivos para aqueles relacionados ao Instituto. Essas festividades costumam durar o dia inteiro, porém, por conta das responsabilidades do Instituto, sempre haverão alguns Invocadores disponíveis para resolver quaisquer conflitos que se iniciem.

Festival da Colheita

O Festival da Colheita é o primeiro dia do ano de acordo com o calendário do Instituto, ele também é o dia em que coincide o Solstício de Inverno e o início dessa estação.

Durante o Festival da Colheita são vendidas todas as produções agropecuárias do outono, realizando enormes festivais cheios de comida e bebida.

Dia da Magia

Como um lembrete do poder avassalador das Runas Globais, o Dia da Magia é uma data para que seja lembrado que o poder descontrolado é algo a ser temido e que nunca se deve ceder a ganância e cobiça por mais. O Dia da Magia também representa o Equinócio de Primavera e o início dessa estação.

Festival da Paixão

O Festival da Paixão data o primeiro dia do Verão e é a exata metade do ano. Essa data também coincide com o Solstício de Verão. Suas festividades contam com jovens apaixonados e velhos casais prometendo seu amor eterno uns aos outros, é comum que presentes sejam entregues e que admiradores secretos se revelem durante esse dia. No início da noite, é realizado um baile de máscaras na Sede do Instituto onde todos seus membros são convidados a participar.

Dia do Protetorado

Durante as Guerras Rúnicas, muitos dos que caíram nas batalhas não foram devidamente honrados. Suas mortes muitas vezes sequer eram lembradas. Dessa forma, foi criado o Dia do Protetorado. Uma data para se lembrar dos que pereceram na luta para salvar Runeterra, tanto aos guerreiros quanto às vítimas. Essa data também representa o Equinócio de Outono e o início dessa estação.